Siga o nosso canal de WhatsApp e fique a par das principais notícias. Seguir

Abrantes Mendes diz que teimosia de Bruno de Carvalho deve-se a "não ter onde cair morto"

Antigo candidato à presidência do Sporting considera também que demissões na AG foram tardias

• Foto: Fernando Ferreira
Sérgio Abrantes Mendes, antigo candidato à presidência do Sporting, já reagiu aos últimos acontecimentos no Sporting, com várias demissões a acontecer esta quinta-feira. O antigo dirigente acredita que o fim da linha chegou para Bruno de Carvalho à frente do clube de Alvalade, mas não espera que seja o próprio a apresentar a sua demissão.

"Saindo da presidência do Sporting, Bruno de Carvalho não tem lugar onde cair morto. Todos sabemos da vida difícil dos emigrantes portugueses, tive parentes que emigraram. Bruno de Carvalho, por culpa própria, por teimosia, por falta de qualidade, terá de porventura ir procurar lugar de sustento noutro ponto do globo. Bruno de Carvalho convenceu-se de que com ele é que o Sporting começou a existir. É mentira. Isso é um equívoco brutal e foi o princípio do fim dele. Ele vai acabar para bem de todos os sportinguistas e sobretudo para bem do Sporting Clube de Portugal", afirmou Abrantes Mendes à Rádio Renascença. 

O antigo candidato à presidência dos leões referiu também que as demissões em bloco da Mesa da Assembleia Geral assim como de vários elementos dos conselhos fiscal e disciplinar já deveriam ter acontecido "há muito tempo".

"Não esqueço o beneplácito constante e sucessivo que o presidente da mesa da assembleia geral e todos os elementos desse órgão deram a Bruno de Carvalho ao longo do tempo aceitando comportamentos inaceitáveis e altamente injuriosos e difamadores contra tudo e contra todos. E nunca se ouviu um reparo", 
16
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas