Siga o nosso canal de WhatsApp e fique a par das principais notícias. Seguir

Amorim: «Se nos escondêssemos atrás de orçamentos e do facto de a Atalanta ser da Serie A...»

As declarações do treinador do Sporting após o empate com a Atalanta

A carregar o vídeo ...
Rúben Amorim: «Ficámosem 2.º e ficámos aquém daquilo que queríamos»
O Sporting empatou (1-1) esta quinta-feira com a Atalanta, na 5.ª jornada da fase de grupos da Liga Europa, garantindo desde já o apuramento para o playoff de acesso aos oitavos de final da prova europeia de clubes.

Em declarações no final da partida em Bérgamo, Rúben Amorim assumiu que o Sporting esteve melhor no segundo tempo, onde somou várias oportunidades mas pecou na finalização, o que acabou por ser determinante para o desfecho do jogo.

Sporting de duas caras
"Não penso que foi uma repetição do que aconteceu em Alvalade porque não teve nem de perto nem de longe o mesmo perigo que teve na primeira parte em Alvalade. Foi um jogo totalmente diferente. Na primeira parte não conseguimos sair com qualidade. Dominámos completamente a segunda parte. Fomos mais inteligentes na abordagem do jogo."

Falta de eficácia no ataque
"Não sei, são fases e mesmo falando da primeira parte, nós tivemos duas e o adversário teve uma. Diz muito do que foi a segunda parte. Tivemos várias oportunidades, não ganhámos e isso custa. Mas agora temos um jogo importante no fim de semana."

Ausências de Edwards e Coates do onze
"Devido às características e a verdade é que sofremos um bocadinho mais e não foi por causa dos cruzamentos. O Seba fez o último jogo, tem tido alguns problemas, mas tínhamos o Inácio e o Ousmane frescos. O único que eu já sabia que desde a primeira volta que teria de jogar era o Jer [St. Juste] para acompanhar o Lookman. Em relação ao Marcus, foi o acidente. Estava para ser titular, mas mudou. Perguntámos ao intervalo ele disse que estava bem e entrou e entrou bem.

Esperava mais?
"Esperava o apuramento [para os oitavos de final] e mostrámos isso dentro de campo. Tirando uma parte contra a Atalanta, fomos muito competentes. Queremos ganhar contra estas grandes equipas. Mas também é assim porque nós assumimos desde o início que queríamos ser primeiros, porque se nos escondêssemos atrás de orçamentos e de serem da Serie A e etcétera... Falhámos o objetivo principal que era o primeiro lugar, temos mais dois jogos, mas temos possibilidades para passar."

Em declarações à Sport TV

Sporting merecia vencer hoje?
"Merecer é subjetivo, não fizemos as oportunidades que tínhamos de fazer. O que conta é que não conseguimos o primeiro lugar, mas conseguimos a qualificação. Tentámos corrigir as coisas que fizemos menos bem em Alvalade na primeira parte. Na segunda, a equipa da Atalanta ficou mais desgastada e nós fizemos uma excelente segunda parte, com várias ocasiões, mas não marcámos e fomos prejudicados."

Ausência de Edwards
"Foi [por causa do acidente], o Edwards estava para ser titular. Mas não quero estar aqui... parece desculpa. Foi um jogo completamente diferente, a intensidade na primeira parte, a forma como nos pressionavam na saída, e na segunda parte foi totalmente diferente. Num jogo de duelos isso faz toda a diferença."

Ausência do Coates
"Foi por opção. Temos de fazer uma gestão dos jogadores, tínhamos dois jogadores frescos. O Seba já teve de sair com queixas em dois jogos esta temporada. O único jogador que tínhamos já a ideia que tinha de jogar desde a primeira mão era o St. Juste pelas características. [Então foi por isso] Características, opção e gestão dos jogadores para todas as provas.

Playoff
"Não ganhámos, fizemos uma primeira parte má e fomos penalizados. São falhas da equipa. Podemos falar da sorte e etcétera. Falhámos o primeiro lugar, temos de assumir isso. Teremos mais trabalho, é mais difícil, mas também faz parte da identidade do Sporting complicar um bocadinho as coisas", terminou.
Por Record
56
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas