Carlos Pinho suspenso por 10 dias

Presidente protestou contra a arbitragem

Carlos Pinho, Arouca, Portugal
Carlos Pinho, Arouca, Portugal • Foto: Amândia Queirós

O presidente do Arouca, Carlos Pinho, foi castigado esta terça-feira com 10 dias de suspensão pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, por protestos contra a arbitragem na visita ao Vitória de Setúbal, da terceira jornada da Liga NOS.

O dirigente dos arouquenses, que saíram derrotados por 2-0 diante dos sadinos, domingo, foi punido ao abrigo do artigo 140 do Regulamento de Disciplina da Liga, tendo-lhe valido, também, uma multa de 765 euros.

Os setubalenses, por sua vez, foram multados em 1.760 euros, sendo que 612 foi por atraso no início da partida e 1.148 por comportamento incorreto do público.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Arouca

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.