Lito Vidigal falha duelo decisivo

Suspensão resulta da expulsão nos descontos do jogo em Almelo

• Foto: Manuel Azevedo

Lito Vidigal sacrificou-se. Foi o próprio a recorrer a esta expressão, na conferência de imprensa após o empate em Almelo, para descrever o momento que resultou na sua expulsão, já nos últimos instantes do encontro, depois de o Arouca ter chegado ao empate a uma bola. Como consequência, o técnico não poderá estar no banco a comandar a equipa na partida decisiva, amanhã, às 18 horas.

O técnico excedeu-se nos protestos para com a equipa de arbitragem numa altura em que o cronómetro atingia os 90’+4, precisamente o limite do tempo de descontos atribuído por Charalambos Kalogeropoulos. O árbitro grego dirigiu-se a Lito Vidigal e deu ordem de expulsão. "Há momentos em que nós temos de nos sacrificar por algo maior, em que nós acreditamos. A equipa merecia o meu sacrifício e foi o que eu fiz", explicou na altura.

Perante isto, a UEFA notificou o clube arouquense de que Lito Vidigal está suspenso por um jogo, até saber o veredicto final relativo ao castigo a aplicar, o qual será conhecido apenas esta sexta-feira, no dia seguinte ao encontro da segunda mão desta terceira pré-eliminatória da Liga Europa – dia em que também será realizado o sorteio do playoff, onde o Arouca ambiciona marcar presença.

Apesar de estar suspenso, Lito Vidigal estará na sala de imprensa, às 12 horas de hoje, para o lançamento do encontro decisivo entre Arouca e Heracles. Isto depois de um derradeiro treino de preparação agendado para as 10 horas.

Por fim, e perante o impedimento sobre Lito Vidigal, será o adjunto Neca a comandar as tropas arouquenses a partir do banco de suplentes.

Por André Gonçalves
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Arouca

Notícias

Notícias Mais Vistas