Lucas Lima pensa na UEFA mas mantém pés no chão

Não entra em euforias

• Foto: Bruno Pires
O Arouca já arrecadou tantos pontos (28) em 21 jornadas como em toda a última época e está a uma vitória de igualar os 31 somados há duas temporadas, no ano de estreia na 1ª Liga. Um desempenho muito acima do patamar de equilíbrio definido pelo presidente Carlos Pinho e que está a deixar o balneário com água na boca para atacar a fasquia europeia que começa a vislumbrar-se no horizonte.

Ideia ambiciosa que Lucas Lima quer concretizar, apesar de salientar que a reformulação dos objetivos só faz sentido depois de assegurar a permanência. "Matematicamente tudo pode acontecer e é por isso mesmo que primeiro queremos garantir a continuidade do Arouca", comentou o lateral, sem se esquecer de referir o quão recente é a experiência do clube na 1ª Liga: "É um clube que ainda está a dar os primeiros passos e por isso a Europa ainda é um sonho e no futebol tudo é possível."

Depois dos triunfos frente a Benfica e FC Porto, o brasileiro alimenta a vontade de bater os leões em Alvalade e até recordou que "no jogo da primeira volta há um penálti favorável ao Arouca que não foi assinalado e o Sporting só conseguiu marcar no final. Só vacilámos no último suspiro, mas tudo é possível e isso é uma motivação para nós".

Inscrição está a ser preparada

O Arouca já tinha avançado com a pré-inscrição para as provas europeias. Cumpriu o prazo da primeira fase (20 de dezembro) e agora o clube prepara-se para completar uma segunda fase do processo, com outros documentos que serão entregues até 1 de março próximo. O que corresponde à expectativa que vai crescendo em Arouca, quanto à possível presença nas provas da UEFA em 2016/17. Entretanto, o guardião Bracali continua em dúvida para o jogo com o U. Madeira.


Por Cláudia Oliveira e Pedro Malacó
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Arouca

Notícias

Notícias Mais Vistas