Um abraço de respeito entre treinador e presidente

Carlos Pinho efusivo com Lito Vidigal

• Foto: Manuel Azevedo

Foi sentido e bastante efusivo o abraço entre Carlos Pinto e Lito Vidigal logo depois do apito final de Hélder Malheiro. Presidente e treinador ficaram agarrados durante largos segundos, num gesto que demonstra união e um grande sentimento de alívio, após vários meses sem motivos para sorrir. No fim do jogo, Lito Vidigal descreveu o momento: "Foi um sinal de que há proximidade, respeito e uma enorme vontade de fazer o Arouca cada vez mais forte. Precisávamos mesmo de uma vitória assim em nossa casa."

Kuca preocupa

A tarde feliz do Arouca só não foi perfeita porque Kuca saiu lesionado, bem cedo, do jogo. O problema parece muscular e deve afastar o extremo do duelo de Alvalade. "Vai ser reavaliado. Foi uma adversidade extra. Mas o que passo para os meus jogadores é que temos de encontrar soluções para os problemas", referiu Lito. 

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Arouca

Notícias

Notícias Mais Vistas