Alerta central implica mexidas

Tonel e Gonçalo Silva são, de momento, os únicos defesas aptos para jogar no eixo

• Foto: Paulo Calado

É com problemas no centro da defesa que Julio Velázquez está a preparar a receção de domingo ao FC Porto. Rafael Amorim, expulso frente ao Arouca, é baixa certa, enquanto Gonçalo Brandão – o central mais utilizado até agora – debate-se com uma lesão no gémeo da perna esquerda e continuava ontem a fazer tratamento e trabalho de recuperação. Sobram Tonel e Gonçalo Silva para jogarem no eixo mais recuado.

Esta última dupla só foi utilizada duas vezes pelo técnico espanhol. Aconteceu com Sp. Braga e Leixões, em jogos da Taça CTT. Os azuis perderam na cidade dos arcebispos (1-2) e venceram na receção ao Leixões (4-0). A outra ocasião remonta ao tempo de Sá Pinto e ocorreu frente ao Tondela (2-1, no Restelo).

Adaptações à vista

Admite-se que Julio Velázquez opte por lançar estes dois elementos, mas não é menos provável que opere adaptações no centro da defesa e, nessa eventualidade, Rúben Pinto, Ricardo Dias e até o colombiano Abel Aguilar podem constituir-se como hipótese para ocupar a posição de central.

Rúben Pinto já o fez na primeira parte do recente encontro frente ao Benfica; Ricardo Dias já recuou no terreno em esquema de três defesas e Abel Aguilar tem experiência. Cabe a Velázquez decidir, sabendo-se que a alteração do esquema a utilizar é uma possibilidade também a ter em conta.

Por João Pedro Abecasis
2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Belenenses SAD

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.