Aquisição de clube falhada

FPF chumba compra dos direitos do Mosteirense, que daria aos azuis lugar no Campeonato de Portugal

• Foto: Paulo Calado

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) colocou um travão nas intenções do Belenenses em adquirir os direitos desportivos do Mosteirense, campeão distrital de Portalegre, segundo avançou a emissora local, Rádio Portalegre. Essa compra daria aos azuis uma vaga no Campeonato de Portugal na época 2018/19.

"O Mosteiros já tinha assinado um protocolo com o clube do Restelo para a venda dos direitos desportivos por cerca de 50 mil euros, mas o mesmo foi chumbado pela FPF", anunciou a rádio.

Patrick Morais Carvalho, presidente do Belenenses, contactado por Record, recusou tecer comentários sobre esta notícia, considerando mesmo que é um ‘não tema’ e que não responde a notícias de rádios locais, pois nada foi publicado ou divulgado pela FPF. O nosso jornal procurou esclarecer o imbróglio junto da federação, mas também não obteve resposta.

A direção do clube do Restelo vai fazer uma sessão de esclarecimento aos sócios – 23 de junho às 15h00 – no pavilhão Acácio Rosa.

À procura de um avançado

No panorama futebolístico, o Belenenses continua a preparar a próxima temporada e a contratação de um avançado está em cima da mesa. No entanto, segundo o que apurou Record, a chegada de mais um avançado não implica, necessariamente, a saída de Tiago Caeiro. Aliás, o clube tem a intenção de renovar o contrato do ponta de lança português de 34 anos.

O Belenenses inicia os trabalhos de pré-época a 27 e 28 de junho, com os habituais exames médicos. O trabalho de campo começa no dia 2 de julho.

Por Luís Magalhães
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Belenenses SAD

Notícias

Notícias Mais Vistas