Domingos Paciência: «Houve mérito do Benfica mas também erros da nossa parte»

Treinador diz que a estratégia desmoronou-se

• Foto: Lusa

Domingos Paciência analisou a goleada sofrida este sábado no Estádio da Luz, dizendo que houve mérito do Benfica mas também muitos erros da sua equipa.

"É evidente que há mérito do Benfica pelo resultado que conseguiu, porque foi a equipa mais forte, construiu mais jogadas para fazer golo. Teve várias oportunidades para isso. Quando se prepara o jogo e quando se vem com a estratégia bem definida e aos dois minutos há um golo, isso desmorona uma equipa por completo. Acho que foi o que aconteceu. São erros nossos: é um livre e depois uma falha de marcação. Primeiro com um golo aos dois minutos. Depois não se consegue tirar a bola da área e o Benfica faz o 2-0. O jogo começa a ficar marcado de uma forma muito mais fácil para o Benfica", referiu à BTV.

"Queríamos entrar no jogo e houve uma oportunidade onde poderíamos ter feito o 1-1. A equipa teve um período bom, mas sofrer dois golos de uma equipa como o Benfica... Torna-se difícil. A estratégia praticamente dilui-se. Não há nada a dizer. O Benfica ganhou e ganhou bem. Temos de aprender com os erros e com o que fizemos aqui. O Belenenses consegue fazer melhor do que isto", acrescentou.

O técnico reiterou que tinha a estratégia bem delineada, mas os golos encarnados fizeram ruir o castelo azul: "A estratégia estava bem definida, com a pressão na construção do Benfica. É uma equipa que constrói bem pelos laterais, mas os centrais não constroem tanto. Tinha tudo bem definido em termos de estratégia. Os golos acabaram por desmontar tudo o que perspetivávamos para este jogo. Pressionando à frente ou atrás, corríamos sempre o risco de perder por três, por quatro. É o risco que se corre. Não pus o autocarro nem o ponho. Esta equipa tem condições para fazer muito mais do que fez aqui. Apenas tem de corrigir os erros que cometeu. Há mérito do Benfica, mas há muitos erros da nossa parte e por isso é que os erros se tornam desnivelados hoje".

Domingos ainda tentou equilibrar a equipa e esta respondeu, mas acabou por cometer mais erros na parte final: "Tentei segurar a bola na frente. Obrigar os centrais a não ter tanta construção. A equipa não esteve mal, na segunda parte conseguiu equilibrar mais o jogo mas depois voltou a ter os mesmos problemas. Houve ali um período de 5-10 minutos em que acaba por desmoronar-se outra vez. Perdeu-se na concentração e em erros individuais. Isso tem reflexo no que é o rendimento da equipa. Houve demasiados erros para este resultado ser tão desnivelado. Podemos corrigi-los".

Questionado sobre as palavras que o capitão de equipa deixou no final, sobre a necessidade de olhar em frente, o treinador concordou.

"Os meus jogadores sabem qual é o nosso caminho e o que queremos alcançar. Sabiamos que o jogo era bastante difícil. Por isso é que tive a oportunidade de dizer que este era um jogo fácil, o mais fácil, no sentido de tirar pressão e responsabilidade aos meus jogadores, porque o Benfica a jogar em casa é favorito. Se algumas pessoas não entendem isso, lamento a pouca inteligência que possam ter. Os jogadores sabem que, jogando como fizemos com o Marítimo, estarão mais próximo da vitória", concluiu.

Por Flávio Miguel Silva e Luís Miroto Simões
5
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Belenenses SAD

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.