Factos e números do Benfica-Arouca

Os dados mais relevantes da partida

• Foto: Paulo Calado

SEM RUI VITÓRIA O treinador do Benfica cumpriu ontem o terceiro jogo fora do banco, o quarto esta época. Com o triunfo sobre o Arouca, o adjunto Arnaldo Teixeira equilibrou a estatística pessoal: duas vitórias (Nacional e Arouca), uma derrota (V. Setúbal) e um empate (Besiktas, no arranque da Champions).

CONFRONTOS O Benfica reforçou o saldo favorável frente ao Arouca na Luz: três vitórias e um empate. O ‘tropeção’ aconteceu na época de estreia dos arouquenses na 1.ª Liga, em 2013/14, quando Pedro Emanuel travou (2-2) o Benfica de Jorge Jesus. Luisão, Fejsa e Nuno Coelho são os ‘sobreviventes’ desse jogo.

MELHOR ATAQUE O Benfica reforçou ontem a estatuto de melhor ataque da Liga 2016/17, com 47 golos, para uma média de 2,23 golos por jogo. O FC Porto, com menos um jogo, possui o segundo melhor registo (39 golos).

A PAPEL QUÍMICO O Arouca perdeu os seus jogos em casa dos três grandes pela mesma margem – 3-0. O último desaire forasteiro da equipa fora em Alvalade, a 6 de novembro. De lá para cá, o Arouca ganhou fora ao Feirense (2-0), Moreirense (4-1) e Tondela (2-1), e cedeu um empate ao Nacional (1-1) já nos descontos.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas