Administrador da SAD do Benfica suspeito de estar em esquema com Vieira

TVI24 revela que o gabinete do dirigente na Luz foi alvo de buscas na 4.ª feira; Miguel Moreira garante que "não foi ouvido nem constituído arguido" no âmbito da Operação Cartão Vermelho

• Foto: Ricardo Jr.

Miguel Moreira, administrador da SAD do Benfica, é um dos vários nomes visados na investigação que levou à detenção de Luís Fillipe Vieira. Os documentos, aos quais Record teve acesso, referem-se a um "esquema ardiloso", em que o objetivo do presidente passaria por comprar a "baixo custo" dívidas ao novo banco que o próprio dirigente contraiu através da Imosteps.

De acordo com o documento, Luís Filipe Vieira e o filho Tiago Vieira sabiam que "não poderiam ver aprovada a aquisição dos créditos. "Assim, trataram de encontrar outras pessoas que se dispusessem a conjugar esforços no sentido da implementação do esquema". Ora, é aqui que entra o nome de Miguel Moreira, entre outros, com quem Vieira e o filho "conjugaram esforços e agiram concertadamente, com vista à obtenção de proveitos económicos, a que sabiam não ter direito."

Um dos objetivos de Vieira passaria por se libertar de garantias pessoais dadas ao Novo Banco. Neste alegado esquema, surgiram "duas propostas para fazer crer ao Fundo de Resolução de que haveria concorrência", no entanto as mesmas seriam "concertadas."

A TVI revela mesmo que o gabinete do dirigente na Luz foi alvo de buscas na 4.ª feira, no âmbito da operação Cartão Vermelho. Em comunicado, Miguel Moreira garantiu que "não foi ouvido nem constituído arguido" no âmbito da Operação Cartão Vermelho.

"1 – O Dr. Miguel Moreira é Diretor Financeiro do Grupo Sport Lisboa e Benfica, instituição para a qual trabalha em exclusivo.

"2 – Todas as atividades profissionais empreendidas pelo Dr. Miguel Moreira com Luís Filipe Vieira foram realizadas no estrito âmbito do universo do Sport Lisboa e Benfica, não tendo versado, em alguma circunstância, sobre a vida empresarial de Luís Filipe Vieira.

"3 - Tendo exercido, como sempre o fez, a sua actividade profissional no exclusivo interesse do Sport Lisboa e Benfica, nesta hora difícil do Clube não só tem todas as condições como é um imperativo de consciência continuar a desempenhar as suas funções.

"4 – O Dr. Miguel Moreira não foi ouvido nem constituído arguido no âmbito deste processo, pelo que são falsas quaisquer alegações que visem inferir outro tipo de conclusões", pode ler-se.

(notícia atualizada às 23h06)

53
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Weigl pede classe europeia

Médio garante águias sem “medo” dos alemães e diz que encarnados vão “mostrar o que é o Benfica”

Notícias

Notícias Mais Vistas