Benfica acusa Sporting de concorrência desleal e aponta ao negócio dos VMOC: «Dia tristemente histórico»

Encarnados apontam aos leões na sua newsletter diária

Na sua newsletter diária, o Benfica atacou negócio dos VMOC do Sporting falando num dia "tristemente histórico". "Um dia em que um banco intervencionado pelo Estado com dinheiro dos contribuintes, numa altura em que há cada vez mais investidores externos no futebol português, se desfez apressadamente de um ativo com 70% (ou mais) de desconto. Ativo esse que, por sua vez, já tinha sido sobrevalorizado aquando do início da operação", escrevem os encarnado.

E concretizam: "A Sporting, SAD contraiu dívida junto do BES e Millennium BCP que não conseguiu pagar. A Sporting, SAD reestruturou essa dívida, beneficiando de um perdão de 12 milhões de euros de juros decorridos e por pagar. A Sporting, SAD e estes dois bancos converteram mais de 150 milhões de euros de dívida da Sporting, SAD num instrumento financeiro chamado VMOC, valorizando cada título a um euro quando as ações da Sporting, SAD eram cotadas muito abaixo desse valor. A Sporting, SAD, ao longo destes anos, não deixou de investir na equipa de futebol, apresentando resultados negativos em vários exercícios, tendo regressado, inclusive, à situação de falência técnica, numa persistente e inaceitável concorrência desleal para com os restantes clubes no futebol nacional. Agora a Sporting, SAD recompra os VMOC, alegadamente por 30% do seu valor (se calhar foi menos)".

O Benfica diz agora aguardar "expectante pela Comissão Parlamentar de Inquérito dedicada a este tema".

Leia na íntegra:

"(...) Por fim, o histórico, sim, tristemente histórico dia em que foi consumado um perdão de dívida gigantesco à Sporting, SAD.

Um dia em que um banco intervencionado pelo Estado com dinheiro dos contribuintes, numa altura em que há cada vez mais investidores externos no futebol português, se desfez apressadamente de um ativo com 70% (ou mais) de desconto.

Ativo esse que, por sua vez, já tinha sido sobrevalorizado aquando do início da operação.

A Sporting, SAD contraiu dívida junto do BES e Millennium BCP que não conseguiu pagar.

A Sporting, SAD reestruturou essa dívida, beneficiando de um perdão de 12 milhões de euros de juros decorridos e por pagar.

A Sporting, SAD e estes dois bancos converteram mais de 150 milhões de euros de dívida da Sporting, SAD num instrumento financeiro chamado VMOC, valorizando cada título a um euro quando as ações da Sporting, SAD eram cotadas muito abaixo desse valor.

A Sporting, SAD, ao longo destes anos, não deixou de investir na equipa de futebol, apresentando resultados negativos em vários exercícios, tendo regressado, inclusive, à situação de falência técnica, numa persistente e inaceitável concorrência desleal para com os restantes clubes no futebol nacional.

Agora a Sporting, SAD recompra os VMOC, alegadamente por 30% do seu valor (se calhar foi menos).

É de facto um dia histórico!

O dia em que a Sporting, SAD beneficiou de uma operação em que um banco intervencionado pelo Estado com o dinheiro dos contribuintes vendeu muito abaixo do preço ao Sporting o que tinha comprado muito acima do preço ao mesmo Sporting.

Ficamos a aguardar expectantes pela Comissão Parlamentar de Inquérito dedicada a este tema".
Por Record
147
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas