Benfica volta ao castigo de Vieira e fala em "tábua rasa" quando se trata de outros clubes

Clube da Luz garante que suspensão não vai criar "algum foco de distração" nesta fase da época

• Foto: Fernando Ferreira

O Benfica faz esta quinta-feira duras críticas ao Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, considerando que a suspensão de 90 dias aplicada a Luís Filipe Vieira, foi "o culminar de um conjunto de decisões em que a parcialidade, a dualidade de critérios e a impreparação jurídica dos seus responsáveis é óbvia". 

Na newsletter diária, o clube da Luz diz que Vieira teve um "papel fundamental e apaziguador" e fala em  "versão ficcionada" por parte do Conselho de Disciplina.

"Mas o pior é que esta obsessão só exista para com toda e qualquer pessoa do Sport Lisboa e Benfica. Relativamente a outros clubes, (mesmo para quem assume declarações impróprias e ofensivas), temos arquivamentos com base no mero reconhecimento, fazendo-se aí tábua rasa dos próprios factos que os autores assumem ter cometido", prossegue.

O Benfica deixa uma garantia: "Desiludam-se os que achavam que este novo castigo iria criar algum foco de distração sobre o nosso principal objetivo".


News Benfica

O castigo aplicado anteontem pelo Conselho de Disciplina a Luís Filipe Vieira é o culminar de um conjunto de decisões em que a parcialidade, a dualidade de critérios e a impreparação jurídica dos seus responsáveis é óbvia. 

Neste caso em concreto, estamos a falar de um jogo em que o Presidente do Sport Lisboa e Benfica teve um papel fundamental e apaziguador, no sentido de que a equipa voltasse dos balneários ao intervalo, perante a mais escandalosa arbitragem existente em Portugal de há muitos anos para cá. 

As suas declarações no final do jogo, que foram objeto desta castigo, limitaram-se a constatar factos vistos por todos e até reconhecidos pela análise posterior do Conselho de Arbitragem. O que inclusivamente levou a um pedido de paragem pelos próprios intervenientes. 

Esta é a verdade e está muito distante da versão ficcionada pelo Conselho de Disciplina. 

Mesmo com as declarações de Luís Filipe Vieira a serem suportadas e corroboradas pela realidade dos factos – reconhecida por todos! – considera o Conselho de Disciplina que foi ofensivo para com a equipa de arbitragem. Ou seja, sustentam a decisão ignorando os factos concretos, inspirados talvez num culto messiânico mais próprio de regimes totalitários em que nem o livre direito de expressão sobre a verdade pode ser permitido. 

Mas o pior é que esta obsessão só exista para com toda e qualquer pessoa do Sport Lisboa e Benfica. Relativamente a outros clubes, (mesmo para quem assume declarações impróprias e ofensivas), temos arquivamentos com base no mero reconhecimento, fazendo-se aí tábua rasa dos próprios factos que os autores assumem ter cometido. 

São vários os exemplos, ao longo desta época, de decisões e atitudes persecutórias por parte do Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol para com o Sport Lisboa e Benfica. Visava-se, em todas essas ocasiões, a criação de factos perturbadores e desestabilizadores da nossa atividade, sempre em momentos decisivos da época desportiva, com especial destaque para os processos relacionados com o fecho do Estádio da Luz, invariavelmente em vésperas de jogos decisivos contra os nossos principais rivais. 

Nos seus órgãos próprios, o clube irá analisar esta grave situação, mas desiludam-se os que achavam que este novo castigo iria criar algum foco de distração sobre o nosso principal objetivo. 

Estamos todos concentrados na luta e nestas 3 últimas finais que nos faltam. Sabemos que será difícil, muito duro e temos a consciência de que nada está ganho. 

E esta é a melhor resposta que desde sempre nos habituámos a dar: lutar no campo, ganhar no campo! Sempre, mas sempre, em nome da verdade desportiva e dos valores de que o Sport Lisboa e Benfica jamais abdicará.

20
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas