Darwin e a família: «Quando estou mais desanimado são eles que me apoiam»

Uruguaio revela que dedica golos ao seu núcleo duro

• Foto: Paulo Calado

Darwin Núnez abriu o ativo diante do Famalicão na vitória do Benfica no Estádio da Luz, na 18ª jornada da Liga, um golo que foi considerado pelos adeptos como o melhor de fevereiro. O avançado agradeceu o golo a Everton, o autor da assistência.

"É a segunda vez que recebo este prémio. Obviamente que é muito lindo porque fui votado pelos adeptos. Acho que este golo teve todo o mérito do Everton. Foi o Everton que fez toda a jogada. Quando ele passou pelos dois centrais, foi o que aconteceu, só empurrei lá para dentro", vincou em declarações à plataforma BPlay.

O internacional uruguaio, de 21 anos, explicou que sempre que marca, o destinatário das dedicatórias é sempre o mesmo: o seu núcleo familiar. "Dedico sempre o golo à minha família e à minha namorada porque eles apoiam-me sempre. Quando estou mais desanimado e triste por algo que não me sai são eles que me apoiam e dão forças para continuar", reiterou o camisola 9 das águias, que vislumbra a superação dos adversários ante o Benfica.

"Todas as equipas que vêm jogar contra nós jogam sempre muito bem. Jogam com muita garra, querem sempre ganhar porque o Benfica é uma equipa muito grande. Não esperávamos marcar tão cedo mas por sorte conseguimo-lo [ao Famalicão]", frisou Darwin, lembrando a vitória (2-0) alcançada a 8 de fevereiro.

Já Everton também foi convidado a descrever o golo que o próprio construiu. "Foi um lance rápido usando uma das minhas melhores características que é o drible. Fui feliz no drible e na finalização e a bola acabou por encontrar o Darwin que estava bem posicionado. Deu num golo muito importante para a nossa equipa", vincou.

Por Flávio Miguel Silva
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas