Domingos Soares de Oliveira: «O nosso endividamento é inferior a 100 milhões de euros»

Administrador da SAD apontou ao fecho do exercício 2019/20

• Foto: Miguel Baltazar

Domingos Soares de Oliveira antecipou boas notícias para os sócios e adeptos do Benfica. O clube da Luz vai fechar um exercício anual "com um endividamento inferior a 100 milhões de euros".

"Vamos terminar o nosso exercício daqui a três dias, no dia 30 de junho. Vai ser exercício bom, porque tivemos uma venda extraordinária, que foi a do João Félix, e que não é crível que se repita, pelo menos, no curto prazo. As pessoas têm de perceber que os resultados que vamos apresentar são excecionais, mas estão influenciados positivamente pela venda do João Félix e negativamente pela paragem da atividade desportiva. O nosso endividamento é inferior a 100 milhões de euros. São 60 milhões em empréstimo obrigacionista, depois temos alguns descobertos bancários e temos poucas operações de financiamento com duas entidades financeiras. É a primeira vez que vamos fechar o exercício anual com um endividamento inferior a 100 milhões de euros. Se a emissão tiver o sucesso que esperamos, o endividamento vai subir para cerca de 130 milhões de euros, que, ainda assim, é um valor baixo tendo em conta uma entidade como a nossa que, como grupo, está a faturar 300 milhões de euros. Já tivemos alturas em que o nosso endividamento era duas a duas vezes e meia a nossa faturação, e atualmente podemos ter um endividamento que será um terço daquilo que é a nossa faturação. Os números são o que são", evidenciou o administrador-executivo da SAD, de 60 anos, em declarações à BTV.

Por Flávio Miguel Silva
62
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Weigl pede classe europeia

Médio garante águias sem “medo” dos alemães e diz que encarnados vão “mostrar o que é o Benfica”

Notícias

Notícias Mais Vistas