Élio iliba Jardel

Negou ter sofrido falta do central ao 84 minutos

• Foto: Paulo Calado

Élio Martins, avançado do União da Madeira, negou ter sofrido falta de Jardel ao 84 minutos, quando surgiu na área do Benfica. Dos três jogadores dos encarnados que estavam em risco, o central foi o único que defrontou o conjunto madeirense. E passou com sucesso este teste, podendo assim alinhar em Alvalade, onde há um ano marcou o golo do empate, em período de compensação. Jardel até acabou o jogo com a braçadeira, depois da saída de Gaitán.

Na zona mista, o jogador do União, de 30 anos, admitiu que se desequilibrou, tendo referido que o lance foi "muito rápido". "Não foi falta nenhuma. Houve um desequilíbrio quando senti a presença do defesa. Tentei colocar a bola com o pé esquerdo, mas podia tê-lo feito mais cedo, pois tive tempo."

Antes, Élio Martins havia deixado claro que "não estava à espera da presença do adversário", julgando, até, tratar-se de Lindelöf, ainda que o sueco estivesse mais afastado. "A este nível, temos de executar mais depressa. Tentei colocar a bola, mas não fiz uma coisa, nem outra", disse, frisando que a equipa madeirense "dignificou a camisola".

Por Nuno Martins
29
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas