'Expresso' diz que grupo de Vieira pagou viagens de luxo quando renegociava dívida

Deslocações terão ocorrido no final de 2014

• Foto: Lusa/EPA

O 'Expresso' avança esta sexta-feira que a empresa Imosteps, controlada por Luís Filipe Vieira desde 2005, pagou uma viagem ao Brasil em outubro de 2014 no valor de 200 mil dólares, com uma comitiva que era composta por uma dezena de elementos, entre eles o presidente do Benfica, o filho Tiago e o sócio de Vieira, Almerindo Duarte.

A viagem terá ocorrido um mês antes de o grupo Promovalor, fundado por Vieira, ter proposto à administração do Novo Banco uma reestruturação da dívida.

O semanário escreve ainda que "a viagem ao Brasil não foi a única desse final de 2014, quando a administração da Promovalor tinha noção do estado do grupo, que fecharia esse ano por falência técnica, com capitais próprios negativos de 72 milhões de euros".




Por Record
82
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.