Granit Xhaka: «Resultado na 1ª mão foi melhor para nós do que para o Benfica»

Capitão do Arsenal garantiu que está "tudo em aberto"

• Foto: Reuters

O treinador do Arsenal, o espanhol Mikel Arteta, considerou esta quarta-feira que o Benfica é uma equipa da Liga dos Campeões e que o jogo de quinta-feira da Liga Europa de futebol é uma final para os gunners.

"É um dos mais importantes, porque vai definir se vamos continuar em competição ou não, é o que precisamos, é um adversário forte, é uma equipa de Liga dos Campeões, que disputa jogos deste nível há muitos anos, com um treinador com muita experiência, para nós, amanhã [quinta-feira], é uma final", considerou Mikel Arteta, na antevisão do jogo da segunda mão dos 16 avos de final.

Arsenal e Benfica disputam a segunda mão da eliminatória na quinta-feira, em Atenas, um palco neutro, à semelhança do que aconteceu no jogo da primeira mão (1-1), em Roma, face às restrições de viagens impostas pelo Reino Unido.

Um contexto que, para o treinador espanhol, retira alguma 'vantagem' ao facto de a sua equipa ter marcado um golo fora.

"Um golo fora é sempre importante, mas neste caso, neste contexto, não creio que seja tão relevante. Ainda temos tudo para jogar, com a segunda parte, e vamos tentar ganhar", justificou Mikel Arteta.

Questionado em relação à possibilidade de o Arsenal garantir uma presença na 'Champions' da próxima época através da Liga Europa, se vencer a competição, e quando a equipa está longe do 'top-4' no campeonato inglês [é 11,º, a 11 pontos do quarto classificado], o treinador espanhol foi cauteloso.

"Penso que, matematicamente, tudo é possível (...), mas é verdade que a Liga Europa nos dá um caminho diferente, é uma competição que queremos continuar a jogar e ganhar e amanhã [quinta-feir] é outra oportunidade de dar mais um passo em frente", assinalou.

Em relação ao Benfica, o treinador espanhol admitiu que os 'encarnados' foram agressivos no plano defensivo -- com Jorge Jesus a apostar numa linha de três centrais -, e que os londrinos estão preparados tanto para três ou para uma linha de defesa de quatro jogadores.

"Funcionaram muito bem, entrámos em fora de jogo muitas vezes, tens de lhes dar crédito pela forma como lidaram com a situação", disse ainda Arteta, reiterando esperar um jogo muito difícil.

Na antevisão de hoje para o jogo com os 'encarnados' esteve também o internacional suíço Granit Xhaka, com o médio a reconhecer igualmente a importância da competição europeia e numa altura em que a equipa não está entre as primeiras no campeonato.

"Se vencermos esta competição voltamos à Liga dos Campeões", disse o suíço, explicando que a eliminatória é uma final, para a qual todos estão focados e bem preparados.

No jogo de quinta-feira, Xhaka volta a encontrar Haris Seferovic, seu companheiro na seleção e amigo.

"No final [do jogo da primeira mão] estávamos ambos desapontados, ambos queríamos ganhar, mas foi melhor resultado para nós do que para eles", disse o médio, acrescentando que, mesmo assim, "está tudo em aberto".

Amanhã, Xhaka irá reencontrar Seferovic, colega da seleção suíça. "Eu e o Seferovic conhecemo-nos bem desde cerca dos 16 anos, jogamos juntos na seleção, conhecemo-nos bem não só como pessoas, mas também a nível familiar. Está bem no Benfica e espero que amanhã possa estar mais feliz do que ele", frisou.

Arsenal e Benfica, que empataram a 1-1 no primeiro jogo, defrontam-se na quinta-feira no estádio Georgios Karaiskakis, em Atenas, na segunda mão dos 16 avos de final da Liga Europa, num jogo com arbitragem do holandês Bjorn Kuipers.

Por Record com Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas