João Alves analisa o clássico: «Estava à espera de menos Benfica e de mais Porto»

Comentador reconhece que a paragem do campeonato fez bem à equipa de Rui Vitória

• Foto: Fernando Ferreira

O benfiquista João Alves e o portista Rodolfo Reis concordaram, no essencial, na análise ao clássico de sábado, entre Benfica e FC Porto. Um divergência, porém, divide os comentadores do programa 'Play-Off' da SIC Notícias. Para Reis, o lance que decidiu o jogo foi o do penálti, sobre Jonas, que segundo o adepto azul e branco não existiu. Para Alves, o erro capital do encontro foi o golo, precedido de falta, de Maxi Pereira sobre Samaris, que ditou o empate final.

"Este Jonas sabe muito! O defesa do FC Porto foi descuidado, porque o Jonas bate com a perna esquerda, mas também bate com a perna direita. O árbitro não podia não ter marcado grande penalidade", defendeu o 'luvas pretas', que depois foi sintético na análise que fez à partida.

"Eu estava à espera de menos Benfica e de mais Porto. Finalmente, eu vi o Rafa a jogar bem no Benfica, a ser uma peça importante naquele meio campo. Veio trazer mais qualidade ao meio campo. O Benfica jogou com uma agressividade muito grande, mais agressivo do que o Porto, na maior parte do jogo foi melhor do que o Porto", sintetizou João Alves, não deixando de elogiar a qualidade da partida e os seus intervenientes.

"Assistiu-se a um espetáculo muito bom, proporcionado por grandes profissionais, que se respeitaram muito", destacou o comentador afeto ao Benfica, reconhecendo, a terminar, que o Benfica melhorou bastante, após a paragem dos campeonatos.

"Se o Benfica ganhasse, tinha uma grande probabilidade de ser campeão. Assisti a uma grande melhoria na qualidade de jogo, a paragem fez bem ao Benfica, o Jonas apareceu em grande forma e a jogar assim, dificilmente perderá ou empatará qualquer jogo", concluiu João Alves.


Por João Lopes
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.