João Mário: «Espero tornar-me uma referência no Benfica»

Médio português fez a antevisão à partida frente ao Spartak Moscovo

A carregar o vídeo ...
João Mário: «Muito orgulhoso pela aposta que o Benfica fez em mim»

João Mário foi o jogador escolhido para participar na conferência de imprensa de antevisão da partida entre Benfica e Spartak Moscovo, que vai decidir a entrada das águias na Liga dos Campeões. O médio do clube da Luz referiu que a "expectativa é enorme", mas que o "possível favoritismo" das águias é preciso "provar dentro de campo" 


Quais são as expectativas para a estreia em jogos oficiais, logo a contar para a Champions, tendo também em conta o regresso a Moscovo?

"A expectativa é enorme. Queremos muito entrar bem logo no primeiro jogo oficial, conhecemos bem o adversário, preparámo-nos bem. É um prazer voltar à Rússia, fui muito feliz, gostei da estadia, mas agora importa muito começar com o pé direito no primeiro jogo oficial pelo Benfica".

Nervosismo

"Já tenho alguma experiência, já joguei em alguns países, e acima de tudo foram sempre experiências boas. Já consigo lidar melhor com isso, a pressão para mim já não é um problema".

Abordagem para o encontro

"Acima de tudo, o facto de terem acabado os golos fora, faz com que queiramos ganhar o jogo. Não nos preocupamos tanto com o fator casa e fora, como acontecia nestas eliminatórias. Conhecemos bem o adversário, preparámo-nos bem, sabemos os pontos a explorar. A equipa está em crescimento, existe grande conhecimento entre todos. Encaramos a eliminatória como sendo a primeira parte do jogo, e acima de tudo, queremos vencer".

Pode vir a ser referência no Benfica?

"Acho que é de conhecimento geral o meu passado. Toda a gente sabe que representei o Sporting muitos anos, toda a gente conhece a minha história em Portugal. Acima de tudo, dizer que assinei um contrato longo com o Benfica e espero tornar-me referência. Estou orgulhoso pela aposta do clube em mim, e cabe-me trabalhar e corresponder às expectativas. O míster conhece-me bem enquanto jogador e cabe-me estar preparado para todos os desafios que tivermos pela frente. Encaro de forma tranquila porque sei a exigência do clube, o objetivo é trabalhar para corresponder às expectativas".

Rui Vitória referiu que o Benfica é que entra pressionado. Acha o Benfica favorito e superior?

"Não, a questão do favoritismo é simples. Temos de o demonstrar em campo. Entendo as palavras do treinador do Spartak, mas sabemos da pressão que existe no Benfica - sabemos o quanto o clube merece e quer estar na Champions, e isso por si só já é uma pressão. Temos um grupo experiente, temos vários jogadores, como Otamendi, Vertonghen ou Pizzi que dão tranquilidade à equipa, e isso é o mais importante. Sabemos que é a dois jogos, mas numa eliminatória de Champions é sempre 50/50, e cabe-nos demonstrar isso dentro de campo".

Por Record
46
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas