Jonas gera tensão à saída

Pegou-se com vila-condense

Decorria o minuto 83 quando Jonas foi o principal protagonista do momento de maior crispação entre vila-condenses e encarnados. O avançado disputou um lance com Lionn perto do banco do Benfica e aproveitou um encosto do adversário para se atirar para o chão, isto quando tinha dito a Rui Vitória que estava pronto para ser rendido por Samaris, que só esperava, junto de Shéu Han, na linha lateral. A atitude de Jonas mereceu imediata reprovação de Marco Aurélio Carvalho, diretor de comunicação do Rio Ave e de Miguel Ribeiro, delegado ao jogo dos homens da casa, este num evidente ‘bate-boca’ com o avançado do Benfica.

Foi o próprio Shéu Han que acalmou Jonas, enquanto Lourenço Coelho ainda protestava na linha de fundo, exigindo medida disciplinar para Lionn, ato contínuo que levou o quarto árbitro Vítor Ferreira e exigir calma e ameaçar de expulsão o diretor geral da SAD encarnada.

20
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas