Jorge Jesus: «Deixar o Barcelona fora da Champions seria um marco na minha carreira»

Técnico recordou que os catalães apuram-se para os 'oitavos' há 18 anos seguidos e rejeitou pensar na saída imediata caso não ganhe ao D. Kiev

A carregar o vídeo ...
Jorge Jesus afasta pressão da continuidade e fala em marco na carreira: «Se o Benfica conseguir passar esta fase...»
Jorge Jesus foi confrontado por Record se se mantém como treinador das águias caso falhe o apuramento para os oitavos-de-final da Liga dos Campeões, respondendo com alguma ironia. O treinador amadorense, de 67 anos, sublinhou que seria um "marco" na carreira caso deixasse o Barcelona fora dos oitavos-de-final da prova.

"Está a colocar-se aqui uma situação se o Benfica não passa. É um objetivo que todos nós estávamos à espera de eliminar o Bayern Munique ou Barcelona para passarmos… Vamos ser realistas. Se o Benfica conseguir passar esta fase, é um marco muito importante na minha história como treinador: deixar uma equipa como o Barcelona de fora. Há 18 anos seguidos que o Barcelona não fica fora dos 'oitavos'. Isso não é um sinal de responsabilidade mas é um objetivo", reiterou o técnico em conferência de imprensa, ideia que já tinha aflorado anteriormente.

"Este jogo pode trazer ao Benfica um êxito que à partida ninguém esperava: o facto de estar a discutir a passagem aos 'oitavos'. Será sempre um êxito  independentemente de tudo o que acontecer. O Benfica entra para a última jornada e já tem garantido um apuramento para outra prova. Passar aos oitavos-de-final com Bayern e Barcelona era um objetivo que acreditámos ser possível desde o primeiro. Não é sinal de pressão, nunca foi. O grande objetivo do Benfica foi conquistado: passámos à fase de grupos [da Liga dos Campeões]. Foi o primeiro grande objetivo que o Benfica conseguiu alcançar para que hoje estejamos a discutir uma possibilidade de passar aos oitavos-de-final da Champions", adiantou Jesus.

Derrota com o Sporting pode deixar a equipa pressionada?

"A responsabilidade de ganhar amanhã sabemos que a equipa a tem. Só assim podemos ser apurados para os oitavos-de-final. Agora, o que é importante é destacar e reforçar que estamos a falar do último jogo da fase de grupos numa situação em que o Benfica pode ser apurado, num grupo com o Bayern e Barcelona. Isso é que tem relevo. Tudo o resto é secundário."
Por Flávio Miguel Silva
56
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas