Jorge Jesus: «Temos de saber jogar melhor com menos um»

Reação do treinador do Benfica à vitória em Moreira de Cónegos

Jorge Jesus sublinhou a importância de entrar a vencer no campeonato após o triunfo do Benfica em Moreira de Cónegos, apesar das várias mexidas que fez na equipa face ao desafio anterior para a Liga dos Campeões. 

"Fiz seis alterações em relação a Moscovo. Pelos sinais que equipa tinha dado fisiologicamente, correu muito e jogou muito em Moscovo. Tínhamos de mexer. Tirámos jogadores mais pesados e fatigados, isso tirou alguma qualidade. Mas nos primeiros 45 minutos chegou a ganhar 2-1 e podia estar a ganhar por mais, criou situações para isso. Na segunda parte com a expulsão foi mais complicado, passámos a maior parte do tempo a defender. Os que entraram e tinham jogado em Moscovo faltou-lhes frescura física. Mas o importante foi ganhar. No ano passado não ganhámos aqui, é dificidl", começou por referir Jorge Jesus, à SportTV.

"Foi mais uma vitória e agora é tentar recuperar ao máximo o Jan, o Nico e o Lucas. Jogaram 98 minutos aqui, 95 em Moscovo. São importantíssimos na estrutura defensiva da equipa. Os outros jogaram com ideia de ter gente fresca", acrescentou o treinador do Benfica.

Estreias de Meité, Gil Dias e Gedson: "Trocar o pneu do carro em andamento é complicado. O Sou [Meité] ainda não tinha um minuto e nem o conhecemos assim tão bem, como o Roman [Yaremchuk], que chegou e não conhece a equipa. Para descarregar o Julian [Weigl] metia o Sou ou o Tino [Florentino]. Notei que ele precisa muito de jogo para poder jogar ao nível que a equipa exige. Mas esteve bem, esteve razoável. Não esperava nem mais, nem menos, Não conhece os processos ainda, nem na bola parada. Já o Gil Dias tem mais tempo, podia ter feito melhor, porque tem condições para isso."
 
Jogar com dez: "Benfica não foi primeira vez que ficou com um jogador expulso. Temos de saber jogar melhor com menos um. Não senti a equipa com capacidade tatica e fisicamente. Jogadores que entraram não ajudaram a ficar mais fresca. Mas é o primeiro jogo, a equipa está a crescer. Equipa não tem logo no principio da época não tem capacidade física para poder aguentar estes jogos. So há uma forma, tiras 5, metes 5, mas há o risco de o

Yaremchuk: "Pensava colocá-lo. Se fôssemos para intervalo com mais de um golo de diferença. Era dar-lhe oportunidade de num jogo a sério treinar pela primeira vez com a equipa. Ele está parado desde o Europeu. Temos de lançaá-los em jogos a sério, a pré-época deles começa com o campeonato."

Por Record
23
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas