Liberdade de Luís Filipe Vieira vai ficar adiada

Segundo avança a 'CMTV'

O Ministério Público (MP) vai pedir um reforço de garantias a Luís Filipe Vieira para a caução de três milhões de euros. A liberdade do ex-presidente do Benfica é assim adiada.

Segundo a CMTV, o despacho do procurador Rosário Teixeira já foi elaborado e o MP questiona o valor das ações do Benfica, com as quais Vieira quer prestar caução. Em causa, está a volatilidade das ações do clube.

Por Record
110
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas