Luís Bernardo fala em "coação e medo" e dá exemplo com Facebook dos Super Dragões

Diretor de comunicação do Benfica assegura "rigor na informação" que será divulgada na BTV

• Foto: Fernando Ferreira

No dia em que o Benfica garante a divulgação dos "nomes do novo Apito Dourado", o diretor de comunicação dos encarnados esteve na BTV para dar conta do conteúdo que será emitido no programa 'Chama imensa' (às 18 horas, com repetição às 22) naquele canal. Assegurando "rigor na informação", Luís Bernardo explicou que as águias vão dar conta de "quem é quem", tornando público "um conjunto de diversas queixas que estão sob investigação".

"Temos conhecimento de muitas situações, como telefonemas a familiares de árbitros, horas antes dos jogos. Ainda recentemente o presidente da FPF tornou públicas as ameaças, Luciano Gonçalves, da APAF, também. Muito se discute, mas há que saber quem é que faz", afirmou esta segunda-feira.
E prosseguiu, justificando a criação de uma linha telefónica que o Benfica vai levar a cabo. "Nos dias que correm a imagem tem muito valor. Por exemplo, veja-se o caso do Canelas: todos sabiam o que se passava, mas foi necessária a divulgação das imagens daquela agressão de um jogador ao árbitro para a situação ganhar dimensão pública. Outro exemplo numa discoteca em Lisboa recentemente: toda a gente sabia o que se passava, mas só houve perceção real quando houve imagens. O que quisemos fazer foi criar a linha telefónica para as pessoas se sentirem à vontade para contarem o que se passa. A verdade é esta: existe um clima de coação e medo. Veja-se o Facebook dos Super Dragões: antes dos jogos, há números de telefone de árbitros, moradas..."

48
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Weigl pede classe europeia

Médio garante águias sem “medo” dos alemães e diz que encarnados vão “mostrar o que é o Benfica”

Notícias

Notícias Mais Vistas