Luís Filipe Vieira: «Nunca indiquei um capitão ao treinador»

Presidente do Benfica em entrevista à CMTV

Luís Filipe Vieira explicou qual é o papel de Jorge Jesus na estrutura do Benfica em entrevista à CMTV. "É um grande treinador. Está por dentro do processo. Na estrutura do futebol é o treinador. Há depois um diretor-geral e um administrador da SAD. Dentro do campo, o Jesus tem autonomia. Nas mudanças no plantel, tem uma palavra. Em novembro vai haver uma reunião sobre o plantel e onde ele está. Ele não tem poder a mais. O Jorge tem a maneira de estar dele na vida. Facilmente chegamos a acordo sempre", referiu.

Sobre as críticas derivadas do facto de Otamendi ser capitão afirmou: "Desde que estou no Benfica, nunca indiquei um capitão ao treinador. O treinador tem de ter essa autonomia. O Jorge percebeu claramente o que se passou. Os capitães que tínhamos estavam afastados. O Otamendi fala português, inglês e espanhol. Estamos no período eleitoral e as pessoas querem especular. O único sentimento que os benfiquistas têm de ter é querer ganhar."

Sócio do FC Porto

Vieira não quis comentar as declarações de Pinto da Costa sobre o facto de ter sido sócio do FC Porto.

"Vim aqui num período muito importante do Benfica. Temos um ato eleitoral amanhã. Os benfiquistas têm de perceber as propostas concretas", disse, deixando depois uma palavra para Bruno Costa Carvalho.

"Quero transmitir-lhe os meus profundos sentimentos. Faleceu-lhe a mãe. Tem de ter muita força. Nós já passámos por esses momentos. Ele terá de resistir para ultrapassar este momento."

Por Flávio Miguel Silva
9
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas