Luís Filipe Vieira pode estar com a equipa no clássico

Novo recurso "retira" castigo ao líder das águias

• Foto: David Martins

Luís Filipe Vieira apresentou recurso para o Tribunal Central Administrativo do Sul (TCAS), tendo em vista a suspensão imediata do castigo de 60 dias que lhe foi atribuído pelo Conselho de Disciplina (CD) e que foi já confirmado este mês pelo Tribunal Arbitral do Desporto (TAD), após recurso do clube da Luz. Este castigo surgiu na sequência de trocas de palavras entre o dirigente e João Ferreira, vice-presidente do Conselho de Arbitragem, no final do Benfica-V.Setúbal da primeira volta, sobre o trabalho do árbitro Manoel Oliveira.

O líder do emblema da Luz foi suspenso a 15 de novembro e o departamento jurídico do clube avançou com recurso para o TAD, tendo sido o castigo suspenso na altura. A decisão saiu, entretanto, com o TAD a negar o recurso a 7 de março, ficando Vieira com mais um mês para cumprir. Agora, este novo recurso leva a nova suspensão até que o TCAS tome a decisão final.

Se tudo ocorrer dentro da normalidade, o presidente das águias pode estar no balneário e em áreas reservadas na receção ao FC Porto, estando também autorizado a falar de futebol e da equipa sem que seja penalizado por isso.
 
O Benfica entende, segundo nota oficial, que esta medida "visa a reposição de uma situação de exercício pleno de direitos e a reparação de uma situação injusta e que tem vindo a penalizar de forma reconhecidamente singular no panorama do futebol nacional" o presidente do Benfica.

Por Vanda Cipriano
13
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.