Moniz leva processo disciplinar

Por causa de declarações a criticar arbitragem

• Foto: Bruno Teixeira Pires

O Conselho de Disciplina (CD) decidiu abrir um processo disciplinar a José Eduardo Moniz, vice-presidente e administrador do Benfica, pelas declarações proferidas na semana passada, em que criticou as arbitragens dos jogos Tondela-Sporting e Estoril-FC Porto.

O dirigente dos encarnados acusou os árbitros João Capela e Vasco Santos, bem como os respetivos vídeo-árbitros, de "decisões lamentáveis". "Nem no tempo do Apito Dourado há memória de uma semana tão negativa como esta com decisões tão escandalosas e com reflexo no resultado final", acrescentou, em entrevista à Rádio Renascença, criticando ainda a "inércia revelada pelas instituições ligadas ao futebol".

O processo seguiu para a Comissão de Instrutores, que irá agora conduzir a investigação. José Eduardo Moniz arrisca suspensão por lesão da honra e reputação.

Por Sérgio Krithinas
41
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas