Nélson Semedo: «Trabalhar para chegar ao nível em que estava»

Lateral encarnado pretende voltar a exibir-se como em 2015/16

• Foto: Pedro Ferreira

Surpresa da pré-temporada 2015/16, Nélson Semedo espera voltar a entrar em grande na nova época, prometendo trabalho e empenho máximo em prol do Benfica. Para trás já ficou a grave lesão sofrida, que o 'travou' na temporada passada.

"Tanto eu como os meus colegas trabalhamos todos os dias, arduamente, para que possamos ajudar o clube. É esse o meu objetivo, ajudar ao máximo o Benfica a alcançar os seus objetivos. Já no ano passado cheguei com o intuito de ajudar a equipa e se pudesse ajudar jogando mais, claro que era isso que queria fazer. Temos estado muito bem, evoluído treino a treino, com o objetivo de ficar com condição física muito boa e, depois, vamos ver o que nos espera", começou por considerar, em entrevista à CMTV.

Com a lesão que sofreu na época passada, Nélson Semedo viu ser travada a sua ascensão, que teve até a chegada à Seleção Nacional. Uma mazela que também lhe tirou o sonho de ir ao Euro'2016 e de ser campeão europeu... "Podia ter sido... Mas é um capítulo que já coloquei para trás. O meu foco agora é ajudar a equipa. Quanto à Seleção, não fui mas fiquei contente pelo Campeonato da Europa e festejei como se estivesse lá", assegurou.

Ainda que a lesão tenha marcado, Semedo deixa claro que já não o condicona. "Já não penso nisso. Foi um capítulo que já fechei, agora é trabalhar para voltar ao nível em que estava antes da lesão", desejou.

As saídas de Renato e Gaitán

Questionado sobre o peso de Renato Sanches e Gaitán, o lateral admite que substitui-los será difícil, mas mostra confiança em quem chegou para os seus lugares.

"São difíceis de substituir, mas acho que os que vão têm grande qualidade, mas os que chegam também têm muita qualidade. Agora é trabalhar para que possam sair mais Renatos e mais Gaitáns. Fiquei muito feliz por ele [Renato], tanto pela pessoa como pelo jogador que é, mas também pelo que trabalhou. Estive na equipa B com ele e sei que trabalhou imenso para chegar ao patamar em que está agora", recordou.

"Todos os jogadores da formação... O Renato agora é um exemplo para nós, porque em tão pouco tempo conseguiu chegar a um nível altíssimo. Claro que todos ambicionamos chegar a esse nível", admitiu.

A integração de Carrillo

"Tem sido fácil para ele e para nós, porque somos uma grande família. Todos os que chegam integram-se rapidamente, porque recebemos todos de braços abertos. Eles têm gostado de pertencer a esta família", finalizou.

Por Fábio Lima
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas