Nunca um clube pagou tanto por um jogador tão jovem

Embaló pode constituir recorde

A carregar o vídeo ...
Os milhões gerados pela escola do Benfica
A concretizar-se a transferência de Embaló por valores iguais ou superiores a 10,5 milhões de euros, os encarnados poderão dizer que bateram mais um recorde. Afinal, nunca um clube pagou tanto por um jogador tão novo. Até agora, a mais avultada compra com um atleta tão jovem está marcada com a mudança do inglês Theo Walcott do Southampton para o Arsenal. No dia em que foi oficializado pelos gunners (20 de janeiro de 2006) a troco dos ditos 10,5 milhões de euros, o avançado tinha 16 anos, 10 meses e 4 dias; cerca de dois meses mais velho, portanto, do que Embaló. Há, todavia, um outro caso astronómico e a envolver montantes mais ‘gordos’ – o Real Madrid pagou 45 milhões de euros por Vinícius Júnior, que também tinha apenas 16 anos, 10 meses e 11 dias quando viu os merengues confirmar a sua contratação ao Flamengo, no caso já em maio do ano passado. O dianteiro só é, porém, esperado em Madrid em 2019.

Casos semelhantes:

Bernardo Silva

Antes de começar a brilhar no Manchester City, o esquerdino formado no Seixal deu cartas na equipa B encarnada, rumando ao Monaco em janeiro de 2015 com passagens escassas pela equipa principal, então orientada por Jorge Jesus. Bernardo Silva somou 12 temporadas com a camisola do Benfica antes de se estrear pela Seleção Nacional e começar a vingar ao mais alto nível.

Hélder Costa

A par de Bernardo, Hélder Costa começou a dar cartas a nível profissional na equipa B do Benfica. Nas camadas jovens, o extremo só conheceu a camisola das águias. Em 2014/15, os encarnados emprestaram-no ao Deportivo onde só cumpriu seis jogos, tendo outra regularidade - 28 jogos e cinco golos - ao serviço do Monaco na temporada seguinte. Isto até ser vendido ao Wolves, em 2017.

João Cancelo

Pelo Benfica, o lateral-direito fez seis temporadas antes de sair do país. Cumpriu o sonho de alinhar pela primeira equipa encarnada ainda que a passagem tenha sido fugaz. Em 2014, rumou em definitivo ao Valencia e, já em 2017/18, acabou por ser emprestado ao Inter Milão. Luís Filipe Vieira revelou que tentou ‘repescá-lo’ já no último verão.
Embaló não é caso único na Luz: as saídas dos jovens jogadores que deram que falar
57
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas