Paulo Madeira: «Há que tirar o chapéu a Luisão»

Recorda que sempre defendeu o capitão

"Sempre fui defensor do Luisão. As pessoas não podem ser crucificadas quando em determinada altura as coisas correm menos bem. Contra o Feirense, teve uma oportunidade e agarrou-a. Desempenhou as suas funções de forma exemplar. E há que tirar o chapéu a um jogador que, aos 35 anos, continua a ser uma pedra crucial . Enquanto der o seu melhor, deve continuar no onze."

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas