Polícia Judiciária apanhou currículo no gabinete de Paulo Gonçalves e travou contratação

'Jornal de Notícias' revela pormenores

• Foto: Lusa

O 'Jornal de Notícias' revela esta terça-feira que no passado dia 6, Paulo Gonçalves "foi apanhado na posse de um currículo" de Fernando Nuno, sobrinho do oficial de justiça suspeito de ser a principal toupeira do Benfica, "que estaria encaminhado para o Museu Cosme Damião", tendo a Polícia Judiciária travado a intenção de contratação do indíviduo em causa por parte dos encarnados.

O 'JN' acrescenta que houve um encontro entre Fernando Nuno e Paulo Gonçalves a 20 de janeiro deste ano no Estádio da Luz e que este foi "vigiado pelos inspetores da PJ".  "Foi detetado que, pelas 20h27, na zona presidencial do estádio, o tema de conversa entre Paulo Gonçalves , José Nogueira Silva, o sobrinho e a mãe deste foi precisamente a contratação de Fernando Nuno", escreve o jornal.

112
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas