Procuradoria-Geral da República confirma denúncia anónima contra inspetor da PJ

De acordo com a PGR, a denúncia "será agora objeto de análise"

• Foto: Duarte Roriz

A Procuradoria-Geral da República confirmou esta terça-feira ter recebido uma denúncia anónima contra Pedro Fonseca, coordenador da Polícia Judiciária que deu origem ao caso E-Toupeira. De acordo com a PGR, a denúncia "será agora objeto de análise", não especificando o que poderá acontecer.

Como o nosso jornal noticiou, esta denúncia "completa uma que foi feita há cerca de um mês e meio e que foi enviada à ministra da Justiça, procuradora-geral da República, diretor do DCIAP e diretor da Polícia Judiciária".
Segundo pode ler-se nessa denúncia, Fonseca é acusado de ter alegadamente passado informações dos processos para a comunicação social e redes sociais. É descrito como o inspetor que "queria arrumar o Benfica".

Crimes são investigados

A PGR, por outro lado, não confirmou a abertura de inquérito ao email conhecido na semana passada e que dava conta de um 'powerpoint' de 2012 em que o Benfica, alegadamente, assumiu que queria "aumentar a influência/controlo sobre o poder".

"O Ministério Público, sempre que tem conhecimento de factos suscetíveis de integrarem a prática de crimes, procede em conformidade, encaminhando-os para investigação", explica.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas