RB Leipzig rende-se à formação do Benfica: «Mantêm os melhores jovens por mais tempo»

Christopher Vivell, diretor-técnico dos germânicos, pediu uma alteração de paradigma

Henrique Araújo, Paulo Bernardo e Tiago Gouveia evoluem no Benfica B
Henrique Araújo, Paulo Bernardo e Tiago Gouveia evoluem no Benfica B • Foto: Ricardo Junior
O RB Leipzig é um clube que continua a apostar forte na contratação de jovens jogadores mas que não está contente com a forma como estes se desenvolvem. A posição é assumida por Christopher Vivell, diretor-técnico dos germânicos, que aproveita para nomear o Benfica com um exemplo perfeito do funcionamento do futebol de formação.

"O Benfica tem uma equipa B, uma equipa sub-23 e uma equipa sub-19. Entre essas três equipas, eles podem contar com cerca de 80 jogadores que podem ser usados na Liga Jovem da UEFA. Mantêm os seus melhores jovens jogadores no clube por mais tempo. Escolhemos deliberadamente um caminho diferente", explicou em declarações citadas pelo 'Sportbuzzer'. 

Vivell acredita que é necessário que os clubes equacionem mudar a situação e o que pesa na hora de fazer progredir os jovens jogadores. "Com todo o talento que temos, temos de nos interrogar se é melhor ter dez jogos realizados com pouco tempo jogado na Bundesliga ou ganhar experiência de jogo continuadamente numa liga menor. Falamos sobre isto todos os dias e investimos muito tempo no assunto. Olhemos para jogadores como o Josko Gvardiol, Mohamed Simakan ou o Dominik Szoboszlai. Todos eles têm muitos jogos acontecendo de alto nível. O Gvardiol, por exemplo, tem uma temporada completa na Liga Europa. É para lá que nossos jovens jogadores devem ir", reivindicou Vivell.
Por Flávio Miguel Silva
39
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas