Rui Costa: «Benfica simplesmente cumpriu o regulamento. Não nos agradou entrar em campo»

Presidente encarnado diz que era possível ter-se adiado o jogo mas que "Liga fez-nos cumprir o regulamento" e a DGS "não queria"

A carregar o vídeo ...
Rui Costa: «Em nenhuma circunstância o Belenenses SAD-Benfica esteve para ser adiado»
Rui Costa considerou que o Benfica teve de ir forçosamente a jogo diante do Belenenses SAD mas que também não era do seu agrado fazê-lo. O presidente encarnado sublinhou que as águias tiveram de "cumprir com o regulamento" e que não são os responsáveis pelo sucedido hoje no Jamor. Recorde-se que o Belenenses SAD, devido a um surto de Covid-19, entrou em campo com apenas 9 jogadores. Ao intervalo, com 0-7 no marcador, os azuis voltaram dos balneários com apenas 7 jogadores e, assim que começou o segundo tempo, de imediato um dos futebolistas caiu no relvado. Com uma equipa reduzida a 6, o jogo terminou de forma abrupta...

"Queria essencialmente lamentar o que aconteceu hoje no Jamor, lamentar esta página negra do futebol português e do próprio país. O Benfica simplesmente cumpriu com o regulamento da mesma forma que o Belenenses SAD foi obrigado ir a jogo. Se o Benfica não se apresentasse também perderia o jogo. Devemos estar todos envergonhados com o aconteceu, mas o Benfica não é responsável por esta página negra. Não nos agradou de forma nenhuma entrar em campo nestas condições", começou por dizer líder das águias em conferência de imprensa.

Sobre o pedido do Belenenses SAD às águias, feito às 19h13, para adiar o jogo, Rui Costa disse que "àquela hora não havia condições para adiar jogo nenhum". "Às 19h13, o Benfica já estava equipado e nem sabia quantos jogadores o Belenenses ia ter em campo. Não houve nenhuma informação contrária da Liga. O Benfica é alheio a essa situação. Sei em que estado está o Belenenses, o ano passado passámos por isto, hipotecámos um campeonato e uma taça pelo Covid-19. Mesmo àquela hora, não era o Benfica nem o Belenenses a adiar este jogo. Conversa formal, não sabia quantos jogadores ia ter. Para além dos jogadore infetados, muitos outros estavam em casa negativos, por isso mesmo o Belenenses não sabia. Houve várias conversas, mas em nenhuma circunstância este jogo esteve para ser adiado. Até à folha do jogo não sabíamos quantos jogadores o Belenenses teria. Àquela hora [19h13], não havia condições para se adiar jogo nenhum, até porque o Belenenses não formalizou nada para que este jogo não se realizasse. As indicações que o Benfica teve foi para ir para dentro de campo. Não foi às 19h15 ou às 18h da tarde que soubemos. Ao Benfica não agradou fazer este jogo. Não permitiria, ao passar o que passei o ano passado, que o futebol português passasse outra vez por isso. Desde que eu tivesse possibilidade. Não foi o que aconteceu. Se isto tivesse sido um jogo de menor expressão, não se falava deste jogo ou se calhar resolvia-se de outra forma. Nem eu nem o Benfica gostámos desta situação. Fui jogador, sei como é que os jogadores se sentiram dentro de campo. Os adeptos do Benfica também estavam cá presentes", acrescentou Rui Costa.

"De quem é a responsabilidade? De certeza que não é do Benfica ter entrado em campo. O Benfica foi obrigado a cumprir, caso contrário éramos nós quem perdia os três pontos. Se é justo? Não, não é. Afeta o futebol português em si e afeta o país. Acabar como acabou este jogo? Não beneficia ninguém. Não foi responsabilidade do Benfica. Estou muito triste enquanto homem do futebol por aquilo que se passou aqui hoje no Jamor. Lembro-me do Sporting jogar há um ou dois anos em Setúbal nas mesmas condições", recordou o presidente do Benfica.

Adiamento era possível

Rui Costa vincou que tanto Liga como DGS quiseram que o jogo se disputasse e que os clubes "foram obrigados" a jogar.

"Ter-se-ia conversado, como é óbvio. Neste caso, não poderiam ser nem o Benfica nem o Belenenses SAD. Acabámos, os dois clubes, por sermos obrigados para ir para dentro de campo. Era possível haver adiamento, claro que sim. Nestas circunstâncias, claro que sim. O problema aqui foi a conjuntura total. O facto de o Belenenses SAD não saber quantos jogadores ia ter, nós a sermos obrigados a entrar, a Liga a fazer-nos cumprir o regulamento e a DGS a não querer adiar o jogo. Tem de haver uma mudança. Esperamos que não se repita. Desejar que os jogadores do Belenenses que estão a passar por isto, que tenham uma recuperação rápida, respeitamos o Belenenses SAD pelo que se passou hoje aqui, sabemos bem o que isso é. Esperamos que voltem rapidamente aos campos."
Por Record
163
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas