Rui Costa e a centralização dos direitos televisivos: «O Benfica não sairá prejudicado»

Presidente do Benfica no final da cimeira da Liga... mas sem querer abordar cenário eleitoral do clube

• Foto: Manuel Araújo/Movephoto

Rui Costa esteve pela primeira vez numa cimeira de presidentes na qualidade de presidente do Benfica. No final do evento, falou à comunicação social sobre o que foi discutido.

"Foi uma pequena ordem de trabalhos, sempre nos interesses do futebol português e correu muito bem. É a minha primeira cimeira enquanto presidente e fico contente pela disponibilidade dos 34 clubes terem o interesse da melhoria do futebol português e da indústria. Saio muito satisfeito com isto. Tudo era virado para aspectos financeiros e defesa do futebol português. Foram debatidos temas que serão estudados e analisados nos próximos dias, de forma a criar-se uma mais-valia nos dois campeonatos", começou por dizer.

O tema forte acabou por ser a centralização dos direitos televisivos. "Foi um tema bastante discutido hoje também, do interesse de todos os clubes, e será criada agora uma forma de estudar qual o melhor processo para chegar a um fim que sirva a todos nós. Não é difícil para ninguém pensar que o futuro do futebol português passa pelo interesse de todos e não só de 2 ou 3 ou de 4 ou 5. Todos temos interesse que o futebol português melhore, que as equipas sejam mais fortes e tenham mais poder financeiro. Ninguém quer ser prejudicado e em nome do Benfica é óbvio que não quero sair prejudicado mas não tenho interesse em pensar sozinho no futebol português", apontou.

"Ninguém quer sair prejudicado. Se as equipas mais pequenas tiverem mais poder, eu vou ser beneficiado na mesma. Tudo em prol do futebol português. O Benfica não irá sair prejudicado deste processo. Se puder contribuir para um melhor futebol português, bem-haja. O Benfica estará sempre disponível para o bem do futebol português, sem sair prejudicado de nenhuma situação, mas com disponibilidade máxima de discutir e ouvir", referiu.

Sem campanha

Rui Costa não quis abordar sobre o futuro diretivo do Benfica, que irá a votos a 9 de outubro próximo. "Hoje só vim enquanto presidente do Benfica e não aquilo que vai passar no Benfica no futuro. Não estou em campanha eleitoral", vincou.

Por Diogo Matos
18
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas