Rui Costa puxa do benfiquismo: «Creio que o meu passado não deixa dúvidas»

Vice-presidente das águias respondeu a vários sócios que puseram em causa idoneidade

• Foto: Hélder Santos

Rui Costa foi instado por vários sócios do Benfica antes da apreciação do orçamento do clube. O agora vice-presidente das águias, desde outubro, explicitou as funções no emblema da Luz e puxou do benfiquismo para afastar eventuais benefícios que possa ter no trabalho realizado.

"Como é sabido, desde que assumi responsabilidades nos Órgãos Sociais do Benfica, deixei de ter qualquer remuneração na SAD ou em qualquer empresa do grupo Benfica, mas sobre este assunto, creio que o meu passado não deixa dúvidas sobre esse aspeto, que nunca foi a razão de estar no meu clube", defendeu após a idoneidade ter sido posta em causa pelos associados.

Confira as respostas de Rui Costa na íntegra:

Como é possível teres aceitado continuar e fazer parte de uma direção que comprou jogadores (dito pelo presidente) para favorecer empresários? 
 
RC - Entrei para a Direção do Benfica pela primeira vez neste mandato. Não conheço nenhum caso em que a SAD do Benfica tenha comprado qualquer jogador com o fim acima mencionado.

Como é que continuas aí depois de uma OPA ilegal que só prejudicava os interesses do Benfica? 
 
RC - Os benefícios da OPA foram suficientemente debatidos no momento certo pela anterior Direção do Sport Lisboa e Benfica. Na perspetiva dos envolvidos nessa operação, a OPA não era ilegal. Por último, não foi aplicada qualquer sanção ao grupo Benfica pela CMVM.

O que fazes no clube? És diretor desportivo?

RC - Tenho acumulado as funções de administrador do Sport Lisboa e Benfica e Vice-Presidente responsável pelo Futebol com as funções de Diretor Desportivo, após a saída do anterior responsável.

Vês de perto todas as trapalhadas que envolvem o Benfica e o presidente e porque continuas a aceitar e promover isso? Estás ainda no Benfica porque acreditas que podes mudar as coisas de dentro, ou já será algo mais? 
 
RC - Estou no Benfica de corpo e alma porque acredito no projeto que foi apresentado aos sócios em outubro passado e validado com quase dois terços dos votos.

Não sei ao que se refere o "algo mais", mas a única coisa que sempre me moveu neste clube, foi o enorme orgulho de o servir. De resto, como é sabido, desde que assumi responsabilidades nos Órgãos Sociais do Benfica, deixei de ter qualquer remuneração na SAD ou em qualquer empresa do grupo Benfica, mas sobre este assunto, creio que o meu passado não deixa dúvidas sobre esse aspeto, que nunca foi a razão de estar no meu clube.

Porque aceitaste umas eleições totalmente antidemocráticas, sem debates, votos em papel e mentiras atrás de mentiras? É isso que queres quando fores candidato? Que restem dúvidas se fores ou não eleito? 
 
RC - Não tenho qualquer dado que sustente a afirmação de que as eleições foram antidemocráticas. A existência de debates depende da vontade dos vários candidatos.

Onde anda o Rui que chorou quando nos marcou um golo num amigável?
 
RC - Está diariamente no Benfica Campus, ao lado dos nossos atletas e da nossa equipa técnica, com a mesma paixão, a mesma dedicação e o mesmo Benfiquismo que me fez chorar naquele celebre dia.

Por Flávio Miguel Silva
31
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.