Rui Costa: «Sabemos ignorar as mentiras e quem nos quer dividir»

Presidente do Benfica na cerimónia de entrega dos de Anéis de Platina e Emblemas de Ouro e Prata

Rui Costa deixou este sábado um apelo à união e garantiu o Benfica não vai abandonar o caminho traçado independentemente dos obstáculos que surgirem. 971 sócios foram agraciados pelos 25, 50 e 75 anos de associativismo ao clube. 

Dizendo-se muito honrado pelo voto de confiança que lhe foi dado, falou de orgulho e responsabilidade. "Somos um clube com uma história impar, com um conjunto de principios e valores que nunca podem ser colocados em causa", afirmou na cerimónia de entrega dos anéis de platina e emblemas de dedicação 2021.

"Honra pelo voto de confiança nas eleições de 9 de outubro. Conferiram à nossa equipa, responsabilidade, ainda maior, na maior participação eleitoral de sempre. A maior de um clube português, a segunda a nível mundial. Isso traduz uma exigência acrescida à qual não podemos falhar. Orgulho porque já estive nessa plateia para receber o emblema de prata. sei o quão simbólico é esse momento no vosso percurso. Honra por poder representar os maiores sócios do mundo. Tive o privilégio de jogar em grandes palcos, em grandes países. Ninguém viu uma massa adepta como a nossa que acompanha o Benfica para todo o lado de forma singular e inigualável", considerou.

O momento em que Rui Costa entrega o anel de platina ao seu ex-treinador, Arnaldo Teixeira
"O nosso Benfica está forte e sabe o caminho que quer trilhar. Para alcançar o que pretendemos alcançar é fundamental que estejamos unidos e coesos. Foi sempre onde estivemos mais unidos e coesos que conseguimos ganhar. O apelo de união que vos faço é uma exigência que primeiro tenho para mim", continuou o presidente do Benfica.

E prosseguiu: "Por ser uma forma de estar, fiz questão de reunir diferentes sensibilidades quanto ao futuro do Benfica na comissão que criámos para a revisão dos estatutos. Nas últimas semanas temos visto uma campanha de desestabilizaçao. Sabemos ignorar as mentiras e quem nos quer dividir Vamos traçar o rumo que nos vai deixar mais perto das vitórias. Sabemos bem o futuro que queremos para o Benfica. Temos objetivos bem delineados." 

"Seria mais fácil alcançar o sucesso reunindo várias sensibilidades. Se hoje me lembro de Borges Coutinho é por me lembrar que este seja o caminho. Ou nos unimos ou mais difícil será atingir o que ambicionámos. É esse o desafio que gostaríamos de deixar, concordando ou discordando, mas sempre respeitando a instituição Benfica. Saibamo unir-nos em torno do clube e dos valores e não de quem lá fora nos quer prejudicar. Sempre unidos na defesa intransigente do Benfica contra os que nao nos querem bem. Unidos poderemos ser imbatíveis", finalizou.
Por Rafael Soares
57
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas