Rui Vitória: «Merecíamos ter ganho porque fomos a melhor equipa»

Técnico do Benfica lamenta apenas a falta de objetividade na hora de finalizar

Na ótica de Rui Vitória, o empate de Alvalade acabou por ser um mau resultado para o seu Benfica, já que, para o técnico encarnado, a sua equipa foi a melhor em campo, ainda que não tenha conseguido vencer. Mesmo assim, Vitória frisa a reação dos seus futebolistas, pela forma como responderam ao golo madrugador do Sporting.

Rui Vitória e o segredo do livre certeiro de Lindelöf
"Foi um desafio muito grande às nossas capacidades enquanto líderes. Começámos a perder mas a partir daí fomos a melhor equipa em campo, a que procurou sempre o golo contra um bom adversário. Procurámos ter a bola, intensifícámos o ritmo da partida. Podíamos ter feito o golo do empate mais cedo. Fica um sabor amargo porque merecíamos ter ganho porque fomos a melhor equipa nos 90 minutos. Ficam claras as nossas capacidades enquanto líderes porque mostrámos o que andámos a fazer desde o início da temporada, sempre na frente, e hoje correspondemos", começou por analisar, à SportTV.

Esta noite, na impossibilidade de utilizar Jonas, Rui Vitória lançou Franco Cervi, mas, no final da partida, optou por não individualizar na análise. "Tivemos uma partida taticamente muito boa. Faltou-nos mais objetividade para finalizar na primeira parte. Do ponto de vista global, a equipa teve comportamento fantástico. Toda a gente está pronta e ligada, assim haja oportunidades para estes jogarem. Muitos trabalham bem e merecem. Não tenho problemas em trocar. O Jonas foi o melhor das duas temporadas, mas provámos porque somos os primeiros. Temos um lote de jogadores que está entregue à luta, que quer vencer e está unido. Depois temos qualidade coletiva e qualidade individual", elogiou.

Com o empate de Alvalade, o Benfica sabe que fecha a jornada 30 na liderança, mas Vitória garante que os encarnados foram ao reduto rival com o intuito de vencer. "Viemos para ganhar e dissemos isso independentemente do resultado dos outros. Mostrámos por que estamos na frente e a marcar sempre golos. Mostrámos porque temos esta qualidade. Não ganhámos e não ganhando evita-se perder. Estamos na frente. Sabemos que vai ser luta até ao fim. Estamos prontos e bem vivos para ela! Vamos mostrar o que mostrámos aqui", garantiu.

"Nunca se sabe qual é o jogo que define o campeonato. Já digo isto há muito tempo. Há muito trabalho pela frente. São quatro jogos duros e temos de estar prontos como estivemos para este", finalizou.

Por Pedro Gonçalo Pinto
7
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas