Rui Vitória muda pouco... ou nada antes de um dérbi

Poucas mexidas em perspetiva diante do U. Madeira

• Foto: Bruno Colaço

O União da Madeira é o adversário antes da deslocação a Alvalade (5 de março) e, pela amostra dos três dérbis anteriores, Rui Vitória não tem o hábito de alterar a estrutura da equipa antes de defrontar o Sporting.

Pode mesmo dizer-se que o técnico muda pouco ou nada mas, neste aspeto, no primeiro dérbi de 2015/16, na Supertaça Cândido de Oliveira, até surpreendeu, já que apresentou um onze que nunca havia testado durante a pré-época.

Antes do jogo seguinte, na Liga, o Benfica defrontou o Galatasaray na Turquia. No fim de semana seguinte, o mesmo onze entrou em campo na Luz... com uma diferença: Gaitán começou à direita e Guedes à esquerda. Já em novembro, na Taça de Portugal, Vitória mudou dois jogadores em relação ao onze que defrontou o Boavista. Jonas e Raúl Jiménez formaram dupla mas, em Alvalade, deram lugar a Pizzi e Mitroglou. O primeiro jogou pela esquerda e o segundo como avançado, apoiado por Gaitán.

Por Nuno Martins e Nuno Pombo
3
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.