Rui Vitória: «Sabíamos como o Nápoles marca os cantos...»

Benfica sofreu 3 golos de bola parada e o técnico admite preocupação

• Foto: Epa

Rui Vitória admitiu preocupação com o facto de três dos quatro golos sofridos pelo Benfica em Nápoles terem sido de bola parada (canto, livre e penálti). O técnico lembra que os seus jogadores estavam avisados para este perigo oriundo dos italianos mas espera que tudo se corrija no futuro.

Foi assim que Hamsik bateu Júlio César
"Se as bolas paradas me preocupam? Sim, são situações a que estamos atentos pois sabíamos como o Nápoles marca os cantos e isto é um dos lances que tínhamos estudado, mas foi uma primeira bola parada, penálti, livre....Eles aproveitaram bem os nossos erros. Nós trabalhamos todos os aspetos que achamos pertinentes e daqui a alguma tempo podemos estar a falar de outra coisa", explicou o treinador à 'Sport TV'.

A pesada derrota não estava nos planos e Rui Vitória considerou-a injusta: "Não esperávamos sofrer quatro golos, mas foi um jogo que acaba por ser ingrato pois fizemos uma primeira parte com personalidade. As primeiras oportunidades foram nossas, não as materializámos e a este nível isso paga-se caro. Depois sofremos 1-0, ao intervalo retificámos algumas coisas que era preciso retificar, e depois tivemos ali cerca de 10/15 minutos de desconcentração coletiva que foi muito penalizadora para nós. Acabámos depois por fazer dois golos que minimizaram o que foi o desempenho, mas foi ingrato pois mostrámos personalidade. Apanhámos uma equipa matreira que aproveita bem os erros e nós tivemos alguns que a este nível se pagam muito caro."

Por João Soares Ribeiro e João Socorro Viegas
32
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas