Simão: «Quando fui para o Benfica, tive quatro meses de dificuldades para voltar a ser eu próprio»

Antigo extremo recorda dificuldades que sentiu para apreender ideias de Van Gaal quando assinou pelo Barcelona e as consequências dessa adaptação

• Foto: Pedro Ferreira

Simão Sabrosa admitiu esta quarta-feira, em declarações à BTV, ter sentido dificuldades de adaptação em dois momentos da sua carreira. Quando trocou o Sporting pelo Barcelona e, posteriormente, quando deixou a Catalunha para assinar pelo Benfica.

"Tive um momento bastante complicado quando cheguei ao Barcelona. Estava habituado ao um-contra-um e o Van Gaal não o permitia. Obrigava a jogar bem aberto, como extremo-direito e dizia: 'Dominar e passar' ou 'Dominar e centrar'. Não podia fazer mais nada do que isso", recorda o agora diretor de relações internacionais do Benfica, admitindo que não foi fácil regressar àquilo que era antes.

"Quando vim para o Benfica, tive quatro meses de dificuldades para voltar a ser eu próprio, no um-contra-um, a decidir. Cada vez há menos extremos e menos momentos de um-contra-um, de apanhar o lateral pela frente. O Petit gritava imenso: 'Vai para cima...", relembra Simão Sabrosa, destacando a importância de os clubes acarinharem os futebolistas com essas características: "Não podemos perder estes jogadores que têm qualidade, são virtuosos... Têm é que saber quando é que o devem fazer."

Por João Lopes
29
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas