Soares de Oliveira: «Banca portuguesa vai voltar ao futebol»

Administrador financeiro da SAD em entrevista ao Negócios

Domingos Soares Oliveira
Domingos Soares Oliveira

A banca portuguesa tem vindo a afastar-se do futebol nos últimos anos, mas Domingos Soares de Oliveira, administrador financeiro da sociedade anónima desportiva (SAD) do Benfica, acredita que isso mudará a curto prazo. Em entrevista ao Negócios, a redução do passivo é para continuar e os resultados serão positivos este exercício, garante.

"Aquilo que temos sentido nos nossos contactos com a banca internacional é que existe vontade de trabalhar com o sector do futebol, que não tem, digamos, a conotação negativa que tem em Portugal. Desde 2013 ou 2014, houve um conjunto de bancos em Portugal, não muitos, mas alguns, que ficaram com uma exposição significativa ao futebol. E com um grau de risco elevado. Houve recomendações por parte do Banco de Portugal e julgo que até mesmo do BCE no sentido de fazerem uma redução ou uma anulação da exposição. Hoje ainda sentimos muito isso", afirmou.

"Nós hoje praticamente não temos dívida à banca em Portugal. É possível, para um clube como o Benfica que já não tem dívida, a banca portuguesa abrir, aqui e ali, algumas linhas [de crédito], mas muito limitadas. Portanto, a nossa opção no imediato é não recorrer a financiamento adicional na banca portuguesa, por dificuldades deles e por ausência de necessidade da nossa parte".

Autor: Pedro Curvelo/Negócios

1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas