Soares de Oliveira recebeu 417 mil euros, Rui Costa 230 mil

378 funcionários custam um total de 74,7 milhões de euros ao Benfica

• Foto: Pedro Ferreira

A SAD do Benfica, já se sabia, aumentou os custos com pessoal para 74,7 milhões de euros (no exercício anterior eram de 61,5 M€). Agora, o relatório e contas consolidado individual vem explicar como é dividido esse valor.

No total, as águias pagam a 378 funcionários. Desses, 88 são futebolistas (incluindo os da equipa B e os da formação que têm contrato profissional) e 16 são técnicos. Sobram 272 funcionários (incluindo 127 da Benfica Estádio e 69 da BTV) e dois elementos dos órgãos sociais.

Domingos Soares de Oliveira e Rui Costa são os únicos administradores que são pagos. O primeiro recebeu 417 mil euros em 2016/17, sendo que 104 mil foram referentes a valores variáveis. Rui Costa auferiu 230 mil euros, todos referentes ao salário base, sem variáveis. O que quer dizer que não recebeu qualquer prémio, apesar de ter sido uma temporada com sucesso desportivo, com a conquista da dobradinha.

No bolo total, o grande aumento foi para o valor de remunerações fixas, que subiu de 36,6 M€ para 47,6 M€. As variáveis também aumentaram, mas bem menos: de 12,2 M€ para 13,3 M€.

Por Sérgio Krithinas
80
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas