Toni: «Senti que o árbitro acabou por ter influência»

Ex-técnico diz que é redutor associar liderança encarnada aos erros da arbitragem

• Foto: Jorge Paula
O dérbi com o Sporting sorriu ao Benfica, que venceu por 2-1 e reforçou a liderança no campeonato, mas, para Toni, o árbitro Jorge Sousa teve um dia mau. No entanto, e apesar de considerar que o juiz influenciou o resultado, o ex-jogador e ex-treinador dos encarnados recusa associar a liderança da equipa de Rui Vitória na Liga aos erros de arbitragem.

"Quando um árbitro chega ao final de um jogo e sente que teve influência no resultado, para ele é um dia infeliz. É ele o mais penalizado. Não analisei logo o jogo, mas, com as análises de alguns 'experts', senti que o árbitro acabou por ter influência no resultado. Mas esta constante desculpa em relação ao árbitro... Atribuir a liderança do Benfica fruto das arbitragens parece-me que é demasiado redutor para aquilo que são as fraquezas que existem dentro dos próprios clubes", disse Toni, lembrando, depois, que, enquanto treinador do Benfica, nunca falou das arbitragens.

"Saí mais depressa do Benfica em 2001 pelo que aconteceu a 9, 16 e 23 de dezembro. A 9 foi em Paços de Ferreira com o senhor Martins dos Santos; a 16 foi na Luz contra o Sporting, no último dérbi no antigo estádio, com o meu amigo Duarte Gomes; e a 23 foi com o meu amigo Pedro Proença, no jogo com o Boavista. Aceleraram a minha saída e não disse uma palavra em relação aos árbitros."
Por Pedro Ponte
63
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas