Victor Andrade: «Houve uma fase em que não conseguia identificar-me com o clube»

Avançado brasileiro diz que mudança para os encarnados não foi positiva

• Foto: Luís Manuel Neves

Contratado pelo Benfica em 2014/15, a troco de 3,9 milhões de euros, o avançado Victor Andrade admite que, ao contrário do que esperava, a mudança do Brasil para Portugal não foi muito fácil. Atualmente cedido ao Munique 1860, o antigo jogador do Santos confessou que chegou a não ter vontade de treinar nos encarnados, uma situação totalmente oposta à que vive nos alemães.

"Muitos dizem que a mudança é mais fácil se for feita do Brasil para Portugal, por terem a mesma língua. Mas isso não é verdade. Era tudo mais direto e simples. Em Portugal é tudo mais complicado. Houve até uma fase onde não queria treinar e não conseguia identificar-me com o clube. Aqui é precisamente o contrário", confessou, em entrevista ao jornal alemão 'TZ'.

Atualmente a cumprir um período de recuperação, devido a uma grave lesão que sofreu, Victor Andrade espera ainda jogar na presente temporada. "[A recuperação] está a correr bem. O médico que me operou também está muito satisfeito. Pelo que vejo, daqui a quatro semanas já posso correr. Voltarei a treinar dentro de cinco ou seis semanas. Gostava de voltar a jogar no início de maio", admitiu. "Se a equipa precisar de mim, estarei pronto para os últimos jogos. Se a equipa estiver numa posição confortável, não arriscaria", acrescentou.

De referir que Victor Andrade efetuou cinco encontros pela equipa principal do Benfica (um deles na Liga dos Campeões 2014/15, ante o Galatasaray), tendo ainda disputado outros 45 pelo equipa B. Antes de rumar à Alemanha, esteve cedido ao V. Guimarães, onde fez sete partidas.

Por Fábio Lima
7
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas