Adjunto de Petit e a ausência de Musa frente ao Tondela: «É a direção que tem de explicar...»

Nuno Pereira comentou ainda o resultado na última jornada da Liga Bwin, que relegou os beirões para a 2.ª Liga

• Foto: LUSA / EPA

Nuno Pereira, treinador-adjunto do Boavista, assumiu que apesar de a equipa ter a permanência no principal escalão português de futebol assegurado que foi a Tondela com o objetivo de conquistar os três pontos.

"Encaramos sempre os jogos para ganhar. É uma mística do Boavista. Tínhamos objetivos no jogo: melhorar a classificação e a pontuação. O empate ajusta-se, no entanto há sempre aquela frustração de não ganharmos", começou por dizer o técnico que hoje dirigiu a equipa fruto do castigo de Petit.

Sobre a ausência de Petar Musa, que não foi opção, o treinador dos boavisteiros esclareceu ter sido "uma questão administrativa". "Acho que é a direção que tem de explicar. Não me compete a mim", terminou.

Recorde-se que, tal como já foi adiantado por Record, o avançado croata de 24 anos está a caminho do Benfica, clube que já chegou a um entendimento total com o Boavista para fechar a contratação do ponta-de-lança que esta temporada esteve emprestado pelo Slavia Praga aos axadrezados.

Por Luís Miroto Simões
3
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Boavista

Notícias

Notícias Mais Vistas