Axadrezados queixam-se de decisões menos felizes dos árbitros

Vítor Murta fala em dualidade de critérios

Vítor Murta, presidente adjunto da direção do Boavista, recentemente nomeado por João Loureiro como representante do clube na SAD, disse esta segunda-feira que a classificação do clube axadrezado "foi afetada com algumas decisões menos felizes das equipas de arbitragem". O responsável entende que "não se trata de nenhuma atitude persecutória por parte de nenhuma delas, mas estamos a falar de factos".

"No nosso entender, houve decisões que nos tiraram pontos, outras que acabaram por afetar o decorrer das partidas, notando-se alguma dualidade de critério e algum excesso de zelo ao julgar as acções do Boavista, e esse excesso de zelo não é aplicado às equipas contrárias. Mas, reitero, não achamos que seja nenhuma atitude persecutória, mas vamos estar atentos no futuro, e vamos ser activos", referiu, em declarações reproduzidas no facebook do clube.

"É importante salientar que esta constatação está a ser levada a efeito num momento em que o Boavista desconhece a nomeação da equipa de arbitragem para o próximo jogo, não fosse isso ser entendido como uma forma de pressão", fez ainda questão de esclarecer.

Sócio do clube desde 1986, Vítor Murta quis também dizer João Loureiro, que continua a ser o presidente do clube, "está bem presente e é no fundo uma pessoa que está cá todos os dias e que vai acompanhando tudo, embora mais à distância e a quem nós – e eu principalmente - nos vamos aconselhando nas decisões que vão sendo tomadas".

Quanto à nova equipa técnica, o presidente adjunto referiu que esta "espelha também os nossos propósitos futuros, que não passam apenas pelo sucesso desportivo e financeiro a curto prazo, mas sim a longo prazo". O Boavista, disse ainda, "quer garantir o futuro financeiro valorizando os nossos ativos, e esta equipa técnica tem mostrado bons indicativos nesse prisma".

O clube anunciou também que a equipa principal irá fazer um estágio entre os dias 7 e 12 de novembro, "de forma a aprofundar o conhecimento do plantel às ordens do técnico principal".

Por Eugénio Queirós
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Boavista

Notícias

Notícias Mais Vistas