Cláusulas de compra custam 7,3 milhões ao Boavista

Axadrezados acionaram três opções de compra neste mercado de verão

O Boavista anunciou no último dia de mercado que acionou três opções de compra sobre Nathan, Chidozie e Sebastián Pérez, todos emprestados na última época.

Apesar de apenas ser anunciado agora, era sabido que pelo menos o defesa nigeriano e o lateral brasileiro iriam ficar no Bessa com um contrato até 2025. Isto porque as panteras já tinham mostrado interesse em acionar a opção de compra de Chidozie em dezembro de 2020, pois o antigo defesa do FC Porto tinha dado boas indicações ao serviço dos boavisteiros. Em junho deste ano soube-se que a opção de compra de 5 milhões de euros iria ser accionada, já que os dragões relataram essa mesma ocorrência nas suas contas.

Nathan também viu o seu vínculo com os axadrezados prolongado até 2025 em junho. O jovem, que completa 20 anos neste mês de setembro, chegou emprestado do Vasco da Gama por uma taxa de 200 mil euros e as suas atuações convenceram o xadrez a pagar mais 1,1 milhões por 75% do seu passe.

O médio Sebastián Pérez juntou-se aos seus colegas de equipa para saber se ficava em terras portuguesas ou não. O internacional colombiano também chegou a época passada proveniente do Boca Juniors, que recebeu do Bessa 200 mil euros pelo empréstimo e obrigação de compra com 20 jogos de camisola axadrezada. Com a meta completa, o Boavista desembolsou mais 1,3 milhões de euros por 75% do passe do jogador de 28 anos.

O Boavista apenas anunciou um jogador livre no último dia do mercado, mas garantiu mais elementos em definitivo para o seu plantel.

Por Record
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Boavista

Notícias

Notícias Mais Vistas