Jorge Simão deixa comando técnico do Boavista e Lito Vidigal é chamado

SAD e treinador acertaram a rescisão do contrato

• Foto: Lusa

Jorge Simão já não é o treinador do Boavista. A rescisão do contrato foi acertada este sábado, segundo informou a SAD, em reunião entre ambas as partes.

O treinador, de 42 anos, deixa o comando técnico na sequência de resultados menos satisfatórios. O Boavista ocupa, nesta altura, o 15.º lugar da tabela classificativa, tendo apenas um ponto de vantagem sobre a zona de despromoção. O Boavista vem de três derrotas consecutivas no campeonato, frente ao Sp. Braga, Marítimo e Portimonense.

Segundo informou a SAD, em comunicado no Facebook, "a condução dos trabalhos da equipa ficará entregue a Jorge Couto e Alfredo Castro".

Entretanto, Lito Vidigal é apontado como o sucessor de Jorge Simão à frente do Boavista. O treinador que rescindiu com o V. Setúbal estava em negociações para assinar pelo Al Faisalya, da Arábia Saudita, estando agora a ponderar assumir o comando dos axadrezados.

Por André Gonçalves e Alexandre Carvalho
6
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Boavista

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.